Lancheira saudável na escola … você sabe como deveria ser?

Se você sempre monta a lancheira do seu filho correndo e, por isso, pega o primeiro alimento que vê pela frente, saiba que está perdendo uma ótima oportunidade de que ele coma melhor e adquira bons hábitos à mesa desde cedo.

É que basta sentar ao lado do amiguinho da escola para o suco à base de soja, a fruta e até o biscoito integral se tornarem mais apetitosos, como num passe de mágica. “A lancheira ideal deve trazer sempre uma fonte de proteína, que é essencial para o crescimento e o desenvolvimento, uma de cereais integrais, que dá energia e ajuda no funcionamento do intestino, e uma fruta, que é fonte de vitaminas e minerais”, diz a nutricionista Ariane Pereira, da clínica DNA Nutri, em São Paulo.

Na prática, você pode mandar para a escola um pote de iogurte com granola e damasco seco; suco natural de laranja ou pera misturado com água de coco ou batido com
couve-manteiga e uma fatia de pão de fôrma integral com mussarela; ou ainda vitamina de frutas e minibolo integral ou um quadrado pequeno de bolo caseiro integral
de frutas. “Os menores de um ano necessitam de alimentos fáceis de serem consumidos, como as papinhas de frutas amassadas com um garfo, e em menor quantidade.

Já para os que têm mais de 10 anos e querem aproveitar todo o intervalo para brincar é legal enviar itens práticos e rápidos de comer, como cenoura-baby, tomate-cereja,
uva, cubo de cereais, iogurte de garrafinha, gomos de mexerica e biscoitos integrais”, ensina a especialista. Para os baixinhos que torcem o nariz para as frutas, Ariane recomenda insistir. “É comum a criança não gostar hoje e mudar de opinião daqui a três meses.

Daí a importância dos pais e responsáveis estarem sempre oferecendo o alimento”, diz a nutricionista, que sugere introduzir uma nova fruta no cardápio a cada mês
e apresentá-la de formas diferentes (com ou sem casca, inteira ou picadinha, acompanhada com granola ou batida com leite).

Outras estratégias que funcionam são deixar o pequeno escolher a fruta na feira e prepará-la em casa depois, e explicar os benefícios daquilo que está ingerindo.